Novos alunos do Clube de Jornalismo fazem iniciação à redação de uma notícia

No Clube de Jornalismo da Escola João Afonso de Aveiro, os alunos estão a aprender a escrever notícias. Para já, estão a reescrever notícias relacionadas com temas que lhes interessam. Publicaremos alguns desses trabalhos dos nossos jornalistas "estagiários".

 
Animais maltratados resgatados em Alhos Vedros


No dia 10 de maio de 2017, a GNR do Montijo resgatou 69 animais maltratados da localidade de Alhos Vedros, no concelho da Moita. 

Entre eles havia um gaio-comum, uma espécie protegida, que foi entregue no Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) da Reserva Natural do Estuário do Tejo (RNET) no distrito de Alcochete.

Os restantes animais, 25 gatos e 43 cães, foram levados para o Centro de Recolha Oficial do Barreiro e Moita para serem acolhidos por famílias que o desejassem e para assistência médico- veterinária.

Segundo a GNR, a casa, onde foi feita esta descoberta, já tinha sido denunciada várias vezes e alvo de fiscalizações.  

Fonte da imagem: https://bit.ly/2EyzStB

Trabalho realizado por: Martim Santos, 5º F e Rosalina Braga 5º I, Clube de Jornalismo

16 de outubro: dia Mundial da Alimentação

A obesidade: 
uma doença do nosso século



      Neste dia 16 de outubro, devemos refletir sobre a melhor maneira de comermos. De facto, vivemos num mundo em que há pessoas com fome e, ao mesmo tempo, há outras que sofrem de obesidade, uma das doenças do nosso século.
  Há alguns anos, não existiam as comidas processadas que comemos hoje. Por isso, as pessoas agora têm muito mais probabilidade de ficar obesas. Temos de tentar parar com isto, procurando adotar outros comportamentos: fazer exercício físico e comer alimentos mais saudáveis. Assim talvez consigamos resolver ou diminuir o problema.


      Portugal é um dos países com mais pessoas obesas, sendo 20% da população obesa ou pré-obesa. Ser obeso dificulta as tarefas do dia a dia e impede-nos de fazer várias atividades. Para evitar este problema, devemos controlar a quantidade de comida que comemos, pois a obesidade pode causar a hiperatividade e diabetes e é responsável por quase 2,8 milhões de mortes todos os anos.



      

Trabalho realizado por: Alice Furtado, 5ºJ e Rodrigo Gonçalves, 5ºJ, Clube de Jornalismo



World Food Day 2018 - 16th october

                                                                                                    Professora Paula Afonso

“Young Europe Debates”- Atividade de Ensino/Aprendizagem na Alemanha



No âmbito do Projeto Erasmus +  “Young Europe Debates” , o Agrupamento de Escolas de Aveiro fez-se representar por seis alunos e dois  docentes na Atividade de Ensino / Aprendizagem na Alemanha. 

Professores e alunos das quatro escolas envolvidas no projeto (alemães, croatas, romenos e portugueses) estiveram em Buende e Berlim de 7 a 12 de outubro de 2018, envolvidos em diversas atividades relacionadas com o tema “Contemporary migrations – problems and solutions”. 

Em Buende, as diferentes equipas participaram num torneio de debates, no qual as equipas portuguesas alcançaram um merecido 3º lugar, sendo que dois alunos portugueses foram agraciados com o 2º e 3º lugar como oradores. A nossa escola está muito orgulhosa da forma como este grupo de alunos se bateu e se portou, honrando o nosso bom nome e a nossa pátria.

A coordenadora do Projeto,
Maria José Dias
Aveiro, 15 de outubro de 2018

Erasmus+: Could the Lights go off across Europe?” Cooperation to shape an all renewable vision for Europe by 2050.





Na semana de 22 a 28 de setembro 5 alunas e dois professores do Agrupamento de Escolas de Aveiro, participaram em Buchen, na Alemanha, num intercâmbio no âmbito do Projeto Erasmus+: “Could the Lights go off across Europe?” Cooperation to shape an all renewable vision for Europe by 2050.
Nesta deslocação foi “Burghardt-Gymnasium em Buchen” a escola anfitriã. No projeto participam quatro escolas de 4 nacionalidades (Alemã, Inglesa, Norueguesa e Portuguesa).
Como ponto de partida todas as escolas tiveram de preparar uma apresentação acerca dos consumos energéticos dos seus países desde 1950 e as medidas implementadas para reduzir a pegada ecológica.
O programa tem colocado os alunos em interação e debater os assuntos relacionados com a sustentabili
dade do planeta, recursos a energias renováveis, reciclagem de materiais e lixo.
Aos participantes foi proporcionada a possibilidade de conhecerem como é possível a partir de desperdícios produzir energia elétrica, fertilizantes naturais (húmus) para fins agrícolas, aquecimento de águas sanitárias para distribuição comunitária e carvão vegetal.
O projeto proporcionou visitas a iniciativas locais e empresas que produzem energia de uma forma sustentável, nomeadamente, a partir de: gás (metano), resíduos sólidos (biomassa), vento (eólica), água (hídrica), calor (térmica) e sol (solar).
Tecnicamente os alunos tiveram contacto com projetos de muitos milhões de euros e projetos de pequena envergadura onde um empreendedor local consegue a partir da água de uma pequena ribeira produzir energia para um restaurante, um alojamento local e para a sua habitação.



A equipa do projeto:
António Abrantes
 Judite Carvalho
Ana Patrícia Sequeira, 12ºC
Sara Mendes, 12ºC
Carolina Coutinho,11ºA
Carolina Gonçalves, 11ºA
Matilde Simões, 11ºA